H@ vida depois dos 60

…com pensamento, opinião e poesia em doses homeopáticas…

olhando ao redor


A possibilidade humana vai do finito ao infinito e nesse leque sem fim só é possível estar num único lugar a cada vez. Qual é a bola da vez? Onde está você nesse momento? Ocupa o mesmo espaço que seu corpo ou acaso se encontra a milhares de milhas daqui… Temos cuidados com as pessoas ao redor ou simplesmente a impaciência nos impede vê-las?! O mosaico de preciosidades no qual nos encontramos incrustrados merece o nosso olhar admirado ou fitamos obsessivamente apenas o nosso próprio umbigo? Tantos de nós vivemos reclamando de tudo e nos sentimos insaciáveis e desejosos de suprir nossos grandes e pequenos desejos. Egocentrismo. Tendemos a isso normalmente, mas é preciso aprender a lutar e investir ternura, zelo e cuidado com as vidas ao redor. Na verdade, elas é que costumam dar rumo ao nosso existir, sentido aos nossos passos. Claro que é preciso amar-se por primeiro porque não será possível uma posição altruísta de alguém que não se ame, que viva com uma auto estima rasante… Mas o que estou falando? Na verdade é um pensamento que quer voar independente do meu controle, ainda que tenha tudo a ver com o que eu penso… Em suma, viver pode ser muito bom se eu aprender que há vida ao meu redor e não apenas em mim!

pensado por Tarciso Comente   

Comente

Favor preencher seus dados e comentar abaixo.
Nome
Email
endereço de seu blog
seu comentário