H@ vida depois dos 60

…com pensamento, opinião e poesia em doses homeopáticas…

brevidades

Às vezes é preciso respirar fundo
para voltar à rotina…
pois a retina fixa um ponto no passado
quando ainda havia todo um colorido
e o folguedo das crianças no bailado
a ensaiar os seus primeiros passos
e se podia pedir colo ao fim do dia
e mergulhar nos sonhos
sem perceber
que a vida passa
que é tudo muito breve
e que depois de um tempo
as cores ficam tão esmaecidas…

pensado por Tarciso (2) Comentários   

2 comentários para “brevidades”

  1. Márcio Vandré disse:

    Há brevidade em tudo.
    Até as alegrias se consomem com o tempo.
    Nascem flores que vemos desvanecer.
    E nunca nos acostumamos.

    Um abraço e meus pesâmes pelo seu irmão.

  2. Lucas Ferreira disse:

    legal, espero poesias sociais!

Comente

Favor preencher seus dados e comentar abaixo.
Nome
Email
endereço de seu blog
seu comentário