H@ vida depois dos 60

…com pensamento, opinião e poesia em doses homeopáticas…

pétalas

Como uma abelha atarefada ouso alguns vôos libertários procurando novas flores donde extrair o mel. Se a rotina mói as pétalas, delas retira o que há de mais tênue e belo para formar os favos que encantam qualquer paladar. O que dizer destas flores? Como não abençoá-las?!
São pessoas ao nosso redor cujos rostos nos impregnam a alma de tal forma que nem mais as notamos com precisão. Mas estão ali para o que der e vier… torcem e caminham conosco perfazendo e construindo a estrada por onde conduzimos a existência.
Quando em vez é bom oferecer-lhes flores ou sorrisos gentis. Um gesto de carinho e atenção… Como é bom ter estas pétalas disponíveis do nosso lado!

pensado por Tarciso Comente   

Comente

Favor preencher seus dados e comentar abaixo.
Nome
Email
endereço de seu blog
seu comentário