H@ vida depois dos 60

…com pensamento, opinião e poesia em doses homeopáticas…

palavras soltas

.
palavras
formam frases
sopas de letras
com sentido
verdadeiro ou simulado
consentido ou renegado
é o fado que carrego
o enfado que suporto
ouvir minha voz calada
falar meu silêncio pausado
e esperar ser entendido
com sentido, paciência
e certo agrado…

pensado por Tarciso comente    

retomando a rotina

Férias é bom mas acaba logo e nos remete ao desejo de um próximo período de lazer. Enquanto isso vamos realizando e nos realizando em pequenas coisas e acontecimentos que enriquecem o existir e entretecem a vida de sentido.
Lazer é bom mas depois de um descanso nada melhor que um período de trabalho para enrijecer músculos e a têmpera.

pensado por Tarciso (1) Comentário    

retomando a monografia

Depois de longa interrupção estou eu aqui aproveitando o frio e a chuva para desistir de percorrer rodovias asfaltadas e, no lugar disto, tecer letra a letra como que esculpindo com cinzel, o texto da minha tão procrastinada monografia.
Que os sete céus me ajudem…

pensado por Tarciso comente    

sobre Deus e o acaso

De todos os acontecimentos da vida, muitos parecem surgir do mero acaso. Será?!
Não é do meu feitio usar deste espaço para esboçar qualquer proselitismo religioso e este post também não tem esta intenção. É apenas uma reflexão embebida com todas as dúvidas que a fé comporta, já que a fé cega leva ao fanatismo e torna seu portador uma companhia inconveniente e desagradável… Tem uma coisa mais chata que um crente presunçoso que se acha mais e melhor de que todos os demais?! Bem, justificados os pressupostos, vou prosseguir na minha reflexão.
Para o cético – e não se pense fácil a vida do cético, – o acaso não passa de acaso, e ponto. Mas para a pessoa de fé, nada acontece por acaso. A Bíblia afirma no livro dos Provérbios 16,33 “As sortes lançam-se nas dobras do manto, mas do Senhor depende toda a decisão”. Isso não significa que sejamos robôs e que tudo já esteja predeterminado – o que nos tornaria marionetes agindo ao sabor dos caprichos divinos. Significa que Deus tem o conhecimento e o poder sobre tudo o que existe e que delibera ou permite cada acontecimento em particular de acordo com as escolhas próprias da liberdade humana e para os que fizeram a sua opção fundamental pelo bem, “não se perderá um só cabelo da vossa cabeça” sem o consentimento divino (cf Lc 21,18).
Então, a pessoa que se confia a Deus, caminha convicta e constrói dia-a-dia a sua estrada do bem e Deus providencia o sustento e proteção para que não caia e leve a bom termo a sua jornada com destino às eternas bem aventuranças que lhe estão reservadas! E se porventura falhar e cair, a mão divina sempre estará estendida para ajudá-la a levantar-se e retomar a sua caminhada no bem – que é o céu aqui mesmo e depois, como diz o Pe. Zezinho em uma de suas mais conhecidas canções…

pensado por Tarciso comente    

ferianças


Fui ao Rio e já voltei. Valeu a pena, incluindo o passeio por Angra dos Reis. Por causa da água fria não me atrevi a nada além de pisar a areia…

pensado por Tarciso comente    

férias de julho

É verdade que ainda não sei todas as notas… mas mesmo assim já posso me considerar de férias! Lazer, doce lazer… Nada de controlar a balança, nada de me negar pequenos prazeres no cardápio. Não chega a ser um vale-tudo, mas pelo menos por duas semanas é preciso curtir as coisas boas, sem culpas.

pensado por Tarciso comente    

bom tempo

clima ameno
O tempo hoje está deveras agradável.
É difícil abstrair da reflexão o nosso tempo e lugar. Embora estas dimensões sejam comuns aos viventes de um determinado instante existencial que chamamos hoje – elas carregam muito de subjetivo porque, definitivamente, nossos tempos não são iguais, nossos lugares não são os mesmos e ainda quando o sejam, influenciam de modo diverso a uns e outros.
Mas o referencial que possuímos necessariamente está relacionado a um determinado tempo e lugar – que compõem as circunstâncias dos fatos.
Talvez por isso se torne tão difícil escrever qualquer coisa que ao menos não tangencie uma destas dimensões. E mais difícil ainda a sua ausência numa conversa qualquer em que os interlocutores, na falta de assunto, vão se referir ao clima que nada mais é que a principal evidência fática de um determinado tempo e lugar.
O tempo está bom, o lugar está ótimo – e assim caminhamos – eu e a humanidade ao meu redor…

pensado por Tarciso (1) Comentário    

sábado

Entre os sete dias da semana eu prefiro o sábado por ser pleno de perspectivas de festa, lazer e o dolce far niente… O folguedo das crianças, o riso cristalino, a celebração da família. Se com pouco me contento, o sábado me contenta e mais um pouco. Que os outros dias não se ressintam comigo, mas beleza é fundamental… E como costumam ser belos os meus sábados!!!

pensado por Tarciso comente    

quase férias

Falta saber as notas, providenciar a matrícula do último semestre do curso e depois dar uma relaxada 400 km além… Ufa, respiro fundo e mergulho nessa ideia fantástica de um dolce far niente por alguns dias!
Enquanto isto vou ouvindo o Neil Diamond na minha rádio blip fm.

pensado por Tarciso comente    

fantástica feira

fonte: http://blog.joaomattar.com/2008/02/06/feira/

Imaginei uma feira que não existe – a não ser na minha fantasia. As baciadas eram de coisas abstratas que compradas se tornavam concretas. Assim o feirante anunciava em altos brados: amor, amizade, carinho – tudo baratinho tiozinho… Ei dona Maria, leve um pouco de ternura para sua casa, e tem também compreensão para o marido e atenção pra dar aos filhos. E assim, cada item adquirido – praticamente de graça – se concretizaria na vida da pessoa. Feiras assim não existem – eu sei – mas se dependesse de mim, existiriam!…

pensado por Tarciso (2) Comentários