REFLEXÕES SOBRE A PASTORAL DO DÍZIMO EM PERGUNTAS E RESPOSTAS

 

O que é DÍZIMO?

É uma contribuição voluntária, regular, periódica e proporcional aos rendimentos auferidos, que todo batizado deve assumir como sua obrigação – mas também seu direito – em relação à manutenção da vida da Igreja local onde participa.


Então a Pastoral do Dízimo deve ser constituída para arrecadar dinheiro para a Paróquia?

Embora a consequência natural da implantação do Dízimo seja um crescimento na arrecadação paroquial o objetivo da organização da Pastoral do Dízimo nunca deveria ter essa conotação de resolver o problema de caixa da paróquia, mas conscientizar o paroquiano da sua responsabilidade com a comunidade da qual faz parte.


Nesse caso, o que justifica a organização da Pastoral do Dízimo na paróquia?

Sabemos que a Diocese tem um Plano de Pastoral e que em, certa medida, tudo o que acontece ao nível da Diocese deveria acontecer na paróquia. Logo, todas as pastorais que existem na Diocese, ou ao menos aquelas possíveis em cada paróquia, deviam ali existir. O bom desempenho pastoral na Igreja depende do harmônico funcionamento das diversas pastorais e a Pastoral do Dízimo tem o seu papel importantíssimo na Pastoral de Conjunto.


Qual é a importância da Pastoral do Dízimo para a Paróquia?

Para que aconteça uma Pastoral de Conjunto dinâmica e atuante é necessário que todos contribuam. A participação não é meramente financeira mas implica também na doação pessoal à comunidade de tempo e talentos. A Equipe Paroquial da Pastoral do Dízimo tem preponderantemente o papel de conscientizar cada participante da comunidade de sua responsabilidade em contribuir em todos os sentidos para com essa mesma comunidade e toda a Igreja.


Quais as tarefas próprias da Equipe Paroquial da Pastoral do Dízimo?

O seu papel preponderante é o de ser conscientizadora. Mas há tarefas a serem executadas. Tarefas de cadastro de dizimistas, arrecadação do dízimo ao final das missas, redação e remessa de correspondências diversas aos dizimistas, confecções de cartazes, visitas, participações eventuais nas celebrações comemorativas do Dízimo e muitas outras circunstâncias que podem surgir, sem esquecer de um fator muito importante que é a prestação de contas regulares e periódicas à comunidade das arrecadações e gastos ocorridos.


Pelo tipo de tarefas mencionadas parece que somente deveriam membros desta Pastoral os executivos, advogados, contadores, secretárias e profissionais administrativos?

Se considerarmos apenas as tarefas de organização, cadastro e organização é provável que a resposta seja sim, mas lembremo-nos que a principal função da Equipe Paroquial da Pastoral do Dízimo é o de ser conscientizadora da necessidade de todos serem dizimistas.


Se alguém participa regularmente da comunidade pode ser membro da Equipe Paroquial da Pastoral do Dízimo?

A condição essencial para ser membro da Equipe Paroquial é a de ser um dizimista consciente, o que implica em frequência e participação assíduas, independente de status social, intelectual ou profissional.


Após todas as perguntas e respostas anteriores não fica ainda a impressão de que a Pastoral do Dízimo seja na verdade uma forma de resolver o problema da falta crônica de dinheiro nas Paróquias?

Não. A falta crônica de dinheiro nas paróquias é uma consequência. A causa é a falta de conscientização da responsabilidade de todo batizado em participar e cooperar para sustentar a vida de sua comunidade de fé.


Onde devo levar o Dízimo?

“Então, ao lugar que o Senhor, vosso Deus, escolheu para estabelecer nele o seu nome, ali levareis todas as coisas que vos ordeno: vossos holocaustos, vossos sacrifícios, vossos dízimos, vossas primícias e todas as ofertas escolhidas que tiverdes prometido por voto ao Senhor”. (Dt 12,11s). O Dízimo pertence a Deus e é no Templo que deve ser entregue, ou seja, na nossa Paróquia onde participamos regularmente. Levar um auxílio a um pobre, fazer um donativo a uma instituição beneficente são obras muito boas e agradáveis a Deus mas não são Dízimos e não nos isentam de contribuir com o Dízimo.


Quando devo contribuir com o meu Dízimo?

O Dízimo, sendo uma contribuição regular e periódica e proporcional ao ganho de cada dizimista, deve ser entregue na comunidade com a mesma regularidade que acontecem o recebimento desses ganhos. Normalmente costuma ser mensal.


Qual deve ser a porcentagem utilizada para o dizimista para definir a sua contribuição?

Embora a palavra Dízimo tenha o significado de décima parte, ou dez por cento, cada pessoa deve livremente definir, segundo os impulsos de seu coração, sem tristeza e nem constrangimento, qual seja o percentual de seus ganhos que deve destinar ao dízimo a ser entregue para a sua comunidade. No entanto, a experiência tem comprovado que aqueles que, num passo de fé e repondendo à promessa de Deus em Malaquias 3,10 – optaram pelo dízimo integral dos 10 por cento – não se arrependeram de te-lo feito e nem sentiram falta em seus orçamentos, ao contrário sentem-se mais abençoados que antes, quando suas contribuições eram proporcionalmente menores. De qualquer modo, cada dizimista deve sentir-se livre diante de Deus para fixar o percentual de sua contribuição.


Todos os domingos participo da missa e faço a minha oferta no momento próprio do ofertório. Mesmo assim devo contribuir com o Dízimo?

De fato, a liturgia prevê um momento em que somos convidados a oferecer os nossos dons diante do altar do Senhor e nesse momento ninguém deve comparecer de mãos vazias (cf Dt 16,10.15-17). Oferecemos o que trazemos em nosso íntimo e também fazemos a nossa oferenda material. Não participar desse momento especial da liturgia é não participar da Missa plenamente. Mas quando fazemos a nossa oferta na Missa não estamos isentos de contribuirmos com o nosso Dízimo e nem mesmo de darmos esmolas e praticar outras obras de caridade.


Por favor, para me ajudar a melhorar o conteúdo do site, manifeste seu elogio, sugestão ou crítica sobre este artigo – utilizando o formulário de comentários abaixo. E, ao comentar, informe também o nome de sua paróquia, cidade e estado. Muito obrigado pela colaboração!

(Os antigos comentários do Haloscan podem ser acessados no link comentários antigos.)

  60 comentarios para “REFLEXÕES SOBRE A PASTORAL DO DÍZIMO EM PERGUNTAS E RESPOSTAS”

  1. Muito bom seu site, o conteúdo do dízimo e muito rico com boas explicações. Parabens

    • Prezado Wilson José
      Agradeço suas palavras elogiosas a respeito do meu site sobre o Dízimo Católico. Que Deus abençoe a ti e aos irmãos de tua comunidade.
      Saudações fraternais.
      Luiz Tarciso

  2. Olá, obrigada pelas informações. Como levar os dizimistas a refletirem que contribuir com o dízimo não é recompensa. Muitos contribuem como forma de promessa, e quando alcançam o desejado, deixam de contribuir. Outros acreditam que se a vida não está da forma que eles queriam, também param de contribuir. Como reverter estes pensamentos?

    • Prezada Flávia Cristina
      Sou eu quem agradece por sua visita e manifestação em meu site sobre o Dízimo Católico. Quanto à sua questão sobre pensamentos incorretos da parte de alguns dizimistas, o que posso afirmar é que a conscientização é um processo que tem início mas não tem fim. É necessário conscientizar insistentemente utilizando variadas formas de expressão informando que o Dízimo não é um toma-lá-dá-cá que a gente possa fazer com Deus. Na verdade o Dízimo é a nossa resposta de fé e gratidão por um bem que anteriormente recebemos de Deus mediante o nosso salário, os talentos que temos, o tempo que recebemos de graça. São raciocínios muito simples como estes que devemos levar em nossa conscientização nas missas, nos boletins, em programas de rádio, na internet, no atendimento dos plantões, nas conversas pessoais e em qualquer forma possível de comunicação com os nossos dizimistas. Mas é importante lembrar que a Igreja é de Deus, que o Dízimo é de Deus e que os dizimistas também são de Deus. Portanto, em última análise, tudo o que fazemos a respeito da Pastoral do Dízimo ou de outra Pastoral se refere a Deus e exige a nossa Fé, a nossa Esperança e a nossa Caridade. Fazer tudo o que estiver ao nosso alcance sabendo que tudo é de Deus e que em sua infinita misericórdia Ele haverá de providenciar o que for necessário para a sua Igreja ter continuidade até o fim dos tempos. O Dízimo, nesse sentido, é apenas um instrumento a serviço da Evangelização e nós somos os agentes com os quais Deus conta para esta missão religiosa abençoada… Agindo assim com simplicidade e confiança em Deus, não é necessário se preocupar tanto em ver resultados – eles virão no devido tempo – mesmo que sejam outros que venham a colher o que você agora estará plantando.
      Que Deus abençoe a ti e a todos os irmãos de tua comunidade.
      Saudações fraternais.
      Luiz Tarciso

  3. Como sempre muito esclarecedor.
    Paróquia Santa Luzia Planaltina DF
    08/09/2017

    • Prezada Maria Oneide
      Agradeço suas palavras gentis a respeito do artigo “Reflexões sobre a Pastoral do Dízimo em perguntas e respostas” publicado em meu site sobre o Dízimo Católico.
      Que Deus abençoe a ti e a todos os irmãos da Paróquia Santa Luzia de Planaltina/DF.
      Saudações fraternais.
      Tarciso

  4. Parabéns a equipe responsável pela matéria,muito esclarecedora.obrigada

    • Prezada Ângela
      Agradeço suas palavras elogiosas sobre as “Reflexões sobre a Pastoral do Dízimo em perguntas e respostas” publicadas em meu site sobre o Dízimo Católico.
      Que Deus abençoe a ti e aos irmãos de tua comunidade.
      Saudações fraternais.
      Tarciso

  5. Boa tarde, gostaria de sugestões praticas para despertar os fieis na devolução do dizimo.
    Tipo obrigada.
    Maria Alice
    paróquia Santo Antonio

    • Prezada Maria Alice
      Agradeço a sua manifestação em meu site sobre o Dízimo Católico. Quanto às sugestões práticas para despertar os fieis na devolução do dízimo – uma das coisas mais importantes é a divulgação que a Equipe do Dízimo precisa fazer regularmente. Seja ao final das missas do fim de semana em que o Dízimo tenha o seu espaço, seja através de boletins, cartazes, faixas, banners, e outras formas de divulgação que a comunidade tiver ou criar. (A equipe da Pastoral do Dízimo é geralmente constituída por um coordenador e 4 pessoas por missas celebradas na matriz nos finais de semanas).
      De tempos em tempos é preciso também fazer uma campanha de conscientização do dízimo. Uma campanha do Dízimo supõe a existência de uma equipe com pelo menos duas pessoas para atender nos plantões de cada uma das missas celebradas nos finais de semana da paróquia.
      Também supõe a existência de um plano que estabeleça metas de recursos a serem obtidos através do dízimo e os respectivos montantes que deverão ser aplicados nas dimensões religiosa, social e missionária.
      No trabalho que faço nas comunidades que visito com esta finalidade, realizo uma reunião na tarde de sábado com a presença de todos os agentes das várias pastorais e movimentos que existem na paróquia – esta liderança necessita de uma formação de conscientização sobre a importância do dízimo. Depois, nos momentos que antecedem a preparação das ofertas (Ofertório) faço uma breve reflexão para conscientizar os fieis da importância do dízimo para a comunidade.
      Esta campanha costuma gerar bons frutos e deve ser repetida a cada dois ou três anos porque há um dinamismo que faz o público se alterar no decorrer do tempo e também um esquecimento natural vai acontecendo.
      Como já é de conhecimento, costumo visitar as comunidades para fazer este tipo de trabalho, e me coloco à disposição para ajudar quanto me é solicitado.
      Que Deus abençoe a comunidade paroquial Santo Antonio e faça frutificar a boa semente que vocês haverão de lançar…
      Saudações fraternais.
      Tarciso

  6. São Francisco de Assis,em Camaragibe, gostaria de saber do padre,quantas pessoas ficam na sala do Dízimo,recebendo as contribuições dos fiéis,boa tarde!!!

    • Prezado
      Jailson
      Agradeço por sua pergunta, ainda que eu, de fato, não seja padre e sim um leigo casado e engajado na pastoral da Igreja Católica. Quanto à questão em si, recomenda-se que fiquem sempre, no mínimo, duas pessoas – e isto por mais de uma razão. A primeira é a questão da transparência – ou seja – quando se lida com valores é sempre prudente que não seja feito por uma pessoa, isoladamente. A segunda razão é que, enquanto uma pessoa atende propriamente recebendo valores e fazendo as devidas anotações, a outra pessoa esteja disponível para esclarecer dúvidas pertinentes dos paroquianos dizimistas ou não.
      Há ainda situações em que se recomenda a presença de 3 ou até 4 pessoas no atendimento – entre estas situações se encontram a possibilidade de eventos de grande comparecimento de fieis ou o fato da comunidade ser muito grande e ter um grande movimento de pessoas que precisam ser atendidas sem a necessidade de longas filas – o que, convenhamos, é desestimulante para o fiel que deseja fazer a sua retribuição dizimal.
      Que Deus abençoe a ti e aos irmãos da comunidade paroquial São Francisco de Assis em Camaragibe/PE.
      Saudações fraternais.
      Tarciso

  7. Caro Luiz Tarciso
    É com imensa alegria que utilizarei desse recursos cedido por você, afim de ajudar a minha comunidade a compreende de forma mais clara a importância da Pastoral do Dízimo na vida da Igreja. Utilizarei em um programa de rádio na minha cidade. Obrigado por esses esclarecimentos. Que Deus continue te fazendo um grande propagador do Reino.

    • Prezada Amélia
      Agradeço suas palavras elogiosas a respeito de conteúdo publicado em meu site sobre o Dízimo Católico. Fico feliz em saber que o mesmo servirá para ser utilizado em programa de rádio de sua cidade. Que Deus abençoe a ti e aos irmãos de tua comunidade.
      Saudações fraternais.
      Tarciso

  8. Muito bom o site as equipes estavam sedentas de conhecimento. O que voce acha do documento 106 da CNBB?

    • Prezado Luiz
      Agradeço suas palavras elogiosas a respeito dos conteúdos publicados em meu site sobre o Dízimo Católico. Quanto ao Documento 106 da CNBB, “O Dízimo na Comunidade de Fé”, confesso que o recebi com grande satisfação e estou estudando o seu teor – ainda, portanto, sem condições de expressar plenamente a minha avaliação sobre o mesmo.
      Mas tenho a intenção de em breve publicar um texto aqui mesmo revelando minha percepção sobre a sua importância e significado para a Pastoral do Dízimo no Brasil.
      Saudações fraternais.
      Tarciso

  9. Bom dia Luiz Tarcísio, não tenha dúvida que vc foi orientado, guiado pelo Espírito Santo para criar este site, de grande utilidade para nós católicos, que diversas vezes procuramos orientações e estudos sobre o Dízimo Católico e era muito vazio. Mas agora somos agraciados por este site, aqui podemos encontrar de tudo que precisamos. Portanto, eu e minha equipe, da Pastoral do Dízimo da Paróquia Divina Misericórdia de Belém do Pará, só temos a te agradecer. Obrigada!

    • Prezada Arline
      Agradeço suas palavras generosas a respeito do conteúdo de meu site sobre o Dízimo Católico. Fico feliz que o mesmo esteja sendo útil para o desenvolvimento dos trabalhos pastorais em diversas comunidades Brasil afora e até mesmo em outros países de lingua portuguesa. Que Deus abençoe a ti e aos irmaos da Paróquia Divina Misericórdia de Belém do Pará.
      Saudações fraternais.
      Tarciso

  10. Boa Tarde querido Irmão Luiz, Paz e Bem!!!

    Somos da Diocese de Itumbiara Goiás, fomos convidados pelo nosso Bispo para coordenação Diocesana da Pastoral do Dizimo, estamos iniciando que até então nunca trabalhamos, somos das Equipes de Nossa Senhora à 22 anos e somos Ministros da Eucaristia, mas na Pastoral do Dizimo nunca servimos, estamos procurando nos informar do conteúdo para trabalhar a conscientização, animação e espiritualização desta Pastoral tão importante para vida e sobrevivência das Paroquias da Diocese, parabéns pelo conteúdo de perguntas e respostas, que para nós foram de muita ajuda, gostaria de pedir se caso tenha mais algum material desta Pastoral, por favor nos envie em nosso e-mail que vamos colocar abaixo, muito obrigado e que Deus ajude.

    Claudia e Carlito.

    • Prezados Claudia e Carlito
      Agradeço as palavras elogiosas a propósito de conteúdo publicado em meu site sobre o Dízimo Católico. Quanto ao seu pedido por outros materiais, o que disponho são estes que estão publicados nos demais links do site que vocês podem explorar com calma, e, acredito que muitos dos textos poderão ter valia para vocês.
      Que Deus abençoe a vocês neo-coordenadores diocesanos e a todos os irmãos da Diocese de Itumbiara.
      Saudações fraternais.
      Tarciso

  11. Prezado Luiz Tarciso,
    Fiquei muito feliz em encontrar um site com tanto material bom e uma excelente postura conhecedora, equilibrada e de fé de sua parte. Faço parte da Pastoral do Dizimo há alguns anos, mas tenho sentido a necessidade de me aprofundar nesse trabalho, que sinto que poderia estar fazendo melhor. Comecei a pesquisar sobre os presentes sorteados no 3º domingo (dia do dizimo na nossa Comunidade Santo Antônio/Paróquia Sagrada Família/Cachoeiro de Itapemirim-ES) e sobre esse assunto ainda não encontrei algo específico em seu site. Digo ainda, pois não consegui ler todo o conteúdo até o momento, mas já fiz diversas anotações sobre tudo o que vi e pretendo propor. Caso haja algum material a esse respeito e possa me direcionar a qual texto formativo ler, agradeço. Caso não haja material nesse sentido, gostaria que expusesse sua opinião e se há algum trabalho semelhante em sua comunidade ou outra que seja de seu conhecimento.
    Parabéns pelo belíssimo trabalho. Deus o abençoe e mande mais operários como você, para a messe tão necessitada que vivemos nesse século.

    • Prezada Elizangela
      Agradeço suas palavras elogiosas a respeito dos conteúdos publicado em meu site sobre o Dízimo Católico. Que Deus abençoe a ti e aos irmãos da Comunidade Santo Antônio, Paróquia Sagrada Família em Cachoeiro de Itapemirim/ES. Não tenho nenhum artigo publicado que contemple esta situação de presentes sorteados no Dia do Dízimo, mas tenho conhecimento de que algumas comunidades costumam sortear entre os dizimistas uma bíblia, uma imagem do padroeiro, um livro religioso ou objetos sacros como terços, crucifixos e outros. Na maioria dos casos me parece uma atividade realizada com muita simplicidade e ao final das missas, na hora dos avisos de costume.
      Saudações fraternais.
      Tarciso

  12. Parabéns. Suas colocações e visão tem contribuído muito com o meu trabalho e minha forma de pensar o dízimo. Que Deus nos abençoe.

    • Prezada Penha
      Agradeço suas palavras elogiosas a respeito dos conteúdos publicados em meu site sobre o Dízimo Católico. Que Deus abençoe a ti e aos irmãos de tua comunidade.
      Saudações fraternais.
      Tarciso

      • |Aqui é Ma Jandira Sampaio Mendonça-Pacoti-Ceara- Paróquia Nossa Senhora da Conceição=Estava procurando formação sobre Dízimo e achei o que precisava no seu site,que Deus te abençoe e te ilumine cada vez mais; continue mandando mais formações iluminadas pois estará ajudando milhares de pessoas que como eu desejam trabalhar pela evangelização.

        • Prezada Jandira
          Agradeço suas palavras elogiosas sobre o conteúdo do meu site sobre o Dízimo Católico. Que Deus abençoe a ti e a todos os irmãos da Paróquia Nossa Senhora da Conceição de Pacoti/CE.
          Saudações fraternais
          Tarciso

  13. Boa noite
    Quero parabeniza-lo pelo site, e dizer que foi de grande valia suas orientações.
    Eliete Matias-paróquia de São Sebastião -Itaquitinga PE.

    • Prezada Eliete
      Agradeço suas palavras elogiosas a respeito dos conteúdos publicados em meu site sobre o Dízimo Católico.
      Que Deus abençoe a ti e aos irmãos da comunidade paroquial São Sebastião de Itaquitinga/PE.
      Saudações fraternais.
      Tarciso

  14. Boa tarde,

    Como faço para participara de um encontro de conscientização ?

    • Prezada Neide
      Os encontros de conscientização sobre o Dízimo normalmente são promovidos pelas paróquias. Então seria bom procurar o coordenador do dízimo de sua paróquia para se informar sobre algum encontro desta natureza se estiver programado para os meses futuros. Que Deus abençoe a ti e aos irmãos de tua comunidade.
      Saudações fraternais.
      Tarciso

  15. Parabéns pelo site! Precisamos divulgar para conseguir com exito o que é necessário. O Dízimo é necessário para muitas e TODAS obras de evangelização, manutenção, etc, e o dizimista também precisa conhecer essas obras. Buscar novos dizimistas é muito necessário, trabalhar para que os já dizimistas permaneçam com o dizimo também é muito importante.
    Assim como o empresario trabalha diversas formas para conseguir divulgar o seu produto, a equipe do dízimo deve trabalhar para conseguir o mesmo, e por uma causa maior!
    Caso precise de mais ajuda com material de apoio, visite o site: http://www.solarisag.com.br , talvez possa ajudar nessa grande tarefa!
    Abraços,
    Camila

    • Prezada Camila
      Agradeço as palavras elogiosas a respeito do meu site sobre o Dízimo Católico. Que Deus abençoe a ti e faça frutificar o teu trabalho apostólico.
      Saudações fraternais.
      Tarciso

  16. Boa tarde, a Paz de Jesus, ótimo artigo.

    No incio da semana anterior fui convidado pelo Pároco de nossa Paróquia para ser coordenador paroquial do Dízimo, fiquei para confirmar, que confirmarei positivamente. Pedi alguns dias para me inteirar das funções e atribuições de um coordenador paroquial do dizimo, comecei a pesquisar e encontrei este seu artigo que esta sendo muito útil. Humildemente venho lhe pedir o vosso colaboração para informar e ajudar-me nestas atribuições e funções.
    Um Fraternal abraço.

    • Prezado Rubens
      Agradeço suas palavras elogiosas a respeito da publicação de meu site sobre o Dízimo Católico, “Reflexões sobre a Pastoral do Dízimo em perguntas e respostas”. Fico contente que tenha sido útil para a sua tomada de decisão em aceitar o encargo de coordenador paroquial do dízimo. No que estiver ao meu alcance, além das publicações do site, me disponho a oferecer as orientações que o ajudem a caminhar na função honrosa que o pároco de sua paróquia o convidou a assumir.
      Saudações fraternais.
      Tarciso

      • Boa tarde Luiz, que a Paz do Senhor esteja conosco.

        Luiz como fazer uma campanha do Dízimo?

        Vocês teriam algum material que poderia para nos orientar numa campanha na Paróquia?

        • Prezado Rubens
          Uma campanha do Dízimo supõe a existência de uma equipe com pelo menos duas pessoas para atender nos plantões das missas dos finais de semana da paróquia.
          Também supõe a existência de um plano que estabeleça metas de recursos a serem obtidos através do dízimo e os respectivos montantes que deverão ser aplicados nas dimensões religiosa, social e missionária.
          No trabalho que faço nas comunidades que visito com esta finalidade, realizo uma reunião na tarde de sábado com a presença de todos os agentes das várias pastorais e movimentos que existem na paróquia – esta liderança necessita de uma formação de conscientização sobre a importância do dízimo. Depois, nos momentos que antecedem a preparação das ofertas (Ofertório) faço uma breve reflexão para conscientizar os fieis da importância do dízimo para a comunidade.
          Esta campanha costuma gerar bons frutos e deve ser repetida a cada dois ou três anos porque há um dinamismo que faz o público se alterar no decorrer do tempo e também um esquecimento natural vai acontecendo.
          Como já é de conhecimento, costumo visitar as comunidades para fazer este tipo de trabalho, e me coloco à disposição para ajudar quanto me é solicitado.
          Que Deus os abençoe e faça frutificar a boa semente que vocês haverão de lançar…
          Saudações fraternais.
          Tarciso

  17. AMEI ESTE SITE GOSTEI DAS PERGUNTAS E RESPOSTA ME- AJUDOU MUITO COMO COORDENADOR DE PASTORAL OBRIGADO POR TUDO ESTOU FELIZ POR TER ASSEITADO ESTA COORDENAÇÃO EM MINHA COMUNIDADE SÃO JOÃO BATISTA DA PAROQUIA SÃO JOÃO SÃO JOÃO BATISTA PRESIDENTE MÉDICI RO ATENCIOSAMENTE GERALDO EUZÉBIO DA SILVA.

    • Prezado Geraldo
      Agradeço sua manifestação elogiosa a respeito do meu site sobre o Dízimo Católico. Que Deus abençoe a ti e a todos os irmãos da Comunidade São João Batista, da paróquia do mesmo nome em Presidente Médici/RO.
      Saudações fraternais.
      Tarciso

  18. nossa amei seu site.sou de presidente Médici
    Rondônia.participo da paroquia são joão Batista gostaria de dizer que eu andava muito afastada da igreja mais desde o inicio deste ano eu decidi tomar um rumo na minha vida novamente e a primeira coisa que fiz para que tudo voltasse a dar certo em minha vida foi buscar a Deus e voltar a devolver o Dizimo hoje posso dizer que sou muito feliz novamente. os nossos padres aqui tenho certeza eles são abençoados por Deus.

    • Prezada Rosângela
      Agradeço seu comentário elogioso sobre o meu site. Que Deus abençoe a ti e aos irmãos da cidade de Presidente Médici/RO.
      Fraternais saudações.
      Tarciso

  19. Sou da Comunidade Mãe da Divina Providência, na cidade de Araguaina To, participo de uma das pastorais só que nao sou dizimista pois não trabalho. Mais sempre ajudo em outras açoes, limpeza, e organização.

    • Adriana
      Obrigado pela visita ao meu site sobre o Dízimo Católico e pelo registro de seu testemunho. Pode se sentir dizimista pois embora sem trabalho, você oferece parte de seu tempo e talentos à comunidade. Se vier a trabalhar algum dia, estou certo que se alegrará em oferecer uma parte dos ganhos da mesma forma que já contribui com tempo e talentos.
      Fraternais cumprimentos.
      Tarciso

  20. Luiz, Paz e Bem.
    Sou da cidade de Itiruçu-Ba. Diocese Jequié.
    Parabéns pelo seu site. Quero te fazer uma pergunta:
    É correto um agente da Pastoral do Dízimo que não devolve o dízimo participar da Pastoral como agente?

    Grato.

    • Prezado José Alberto
      Não gostaria de responder dizendo que uma conduta é correta ou incorreta. O que posso dizer é que seria o ideal que todos os paroquianos fossem dizimistas e, de modo particular, todos os agentes da Pastoral do Dízimo, deveriam ser dizimistas, para manifestar coerência entre o que pregam e o que vivem.
      Que Deus abençoe todos os irmãos de tua comunidade que se encontra na cidade de Itiruçu/BA, na Diocese de Jequié.
      Saudações fraternais.
      Tarciso

    • como Pode um agente da Pastoral dar o exemplo daquilo que ele nao vive??

      • Prezado Luiz
        Na verdade é impossível um verdadeiro exemplo sem coerência entre as palavras e a prática… Mas acredito que esta situação é a exceção e não a regra entre os agentes de pastoral na Igreja.
        Saudações fraternais.
        Tarciso

  21. Foram ótimos os esclarecimentos, Parabens!!! alem da contribuição o fiel deve ter consciência de ser um dizimista.

    • Edimilson
      Obrigado por suas palavras elogiosas sobre conteúdo do meu site sobre o Dízimo Católico.
      Que Deus abençoe a ti e aos irmãos de tua comunidade.
      Saudações fraternais.
      Tarciso

  22. A paz do Senhor!
    Participo há anos da Pastoral do Dízimo, da Igreja Nossa Senhora das Vitórias, de Vitória da Conquista-Ba. Nos reunimos uma vez ao mês com o propósito de discutirmos, avaliarmos e prepararmos encaminhamentos para dar sequência ao nosso trabalho pastoral. No decorrer da reunião, lemos e refltimos sobre a liturgia diária, as tarefas do grupo, participação nas missas e arrecadação do dízimo. Tinha conhecimento de muitas dessas questões, mas outras me acrescentaram muitas coisas.Descobri o site por acaso e fiquei impressionada com o trabalho. Parabéns!
    Betânia.

    • Prezada Maria Betânia
      Agradeço as referências elogiosas ao conteúdo publicado em meu site sobre o Dízimo Católico. Também desejo parabenizar o esforço da equipe da Pastoral do Dízimo da Igreja N. Sª das Vitórias de Vitória da Conquista/BA. Que Deus os abençoe contínua e poderosamente para que o trabalho apostólico realizado produza muitos e bons frutos de evangelização.
      Saudações fraternais.
      Tarciso

  23. Ola Luiz, A Paz de Cristo.Parabéns pelo site, seu trabalho é muito bonito. Faço parte da Pastoral do Dízimo na Comunidade do Imaculado Coração de Maria, Paróquia do Bom Remédio em Belém do Pará. Se você me permitir vou usar algumas frases e artigos do seu site para melhor divulgar o Dízimo em nossa comunidade. Um grande abraço e que Deus te abençoe.
    Parabéns, todo o Site é ótimo, to muito feliz de ter encontrado justamente este em meio a tantos outros. Já fiz pesquisas em outros , mas este é demais, nota 10.
    A Paz de Cristo.

    • Luís
      Agradeço a mensagem elogiosa sobre o conteúdo do meu site sobre o Dízimo Católico. Que Deus abençoe a ti e aos irmãos de tua comunidade. Me permiti juntar as tuas duas mensagens em uma só, espero que isto não te aborreça.
      Quanto ao uso dos meus textos na atividade pastoral a permissão é automática pois é esta mesma a finalidade deste site. Só peço que se alguém for publicar o texto em boletins, jornais, revistas ou na própria internet – que seja citada a fonte em relação ao material utilizado e extraído das páginas do meu site.
      Fraternais saudações.
      Tarciso

  24. Sou da Paroquia Sagrado Corção de Jesus ,
    há 3 meses perdemos nosso Pe.Jorge, nossa comunidade esta abandonando a Igreja, todos muito bravo por essa perda, tamo perdendo Ofertas, Dizissimo, td que se diz respeito , continuarmos o trabalho Pe.Jorge, oque nós aconselha a fazer, tá td muito dificil , estamos resando muito , pedindo iluminação do Espirito Santo, no aguardo á uma sugestão , amém

    • Marli
      Quando uma comunidade perde um pastor querido, há sempre um tempo de sofrimento maior, desconforto e até o afastamento de membros da comunidade. Se a perda foi causada pela morte do padre vocês ganharam um intercessor no céu e ele haverá de interceder para que a comunidade caminhe na direção que ele orientou enquanto estava à frente dela. Se a perda aconteceu porque ele foi transferido para outro lugar, aí creio que a comunidade deve reconhecer que a vida do padre é assim mesmo – ele não tem raízes permanentes em um lugar específico, mas servirá à Igreja em outra comunidade – então, nesse caso, a comunidade vai amadurecendo a mudança com o tempo e acolherá e seguirá as orientações do novo pastor que vier – indicado pelo bispo diocesano. Em tudo é preciso a paciência, a humildade e a fé – estes ingredientes que compõem o nosso batismo darão a força suficiente para que a comunidade se reúna e se una novamente em torno de Jesus Bom Pastor que abriga em seu Sagrado Coração todas as suas ovelhas.
      Coragem para todos você e que Deus abençoe a ti e a todos os irmãos da comunidade paroquial do Sagrado Coração de Jesus.
      Fraternais cumprimentos.
      Tarciso

  25. olá amigo amei esse site, Deus assim quis e eu fui escolhida coordenadora da pastoral do dizimo da Forania São Marcos na Diocese de Irece-Ba e estou a procura de ajudas como fazer para melhora o trabalho pastoral, principalmente no tocante À Pastoral do Dízimo. esse site caiu como uma luva, digamos que é algo divino. deus te abençoe

    • Cicera
      Agradeço as palavras de elogio ao conteúdo do meu site sobre o Dízimo Católico e fico contente em saber que o mesmo foi útil para o teu trabalho de coordenação da pastoral do dízimo da Forania São Marcos na Diocese de Irece-BA. Que Deus abençoe a ti e a todos os irmãos desta comunidade.
      Saudações fraternais.
      Tarciso

  26. Luiz, por graça de Deus encontrei seu site, pois estava procurando um conteúdo bom para nosso site paroquial. Se todo leigo fizesse um trabalho como este seu, principalmente que vivemos a era da internet. Obrigado pela ajuda e parabéns pelo trabalho. Deus abençoe.

    • Caro Thomáz de Aquino
      Seu nome homenageia um santo e doutor da Igreja que tem grande significado para o conhecimento e a doutrina católica.
      Agradeço muito o seu comentário elogioso sobre conteúdo do meu site sobre o Dízimo Católico. Que Deus abençoe a ti e aos irmãos de tua comunidade paroquial.
      Saudações fraternas.
      Tarciso

      • Adorei seu site, pois estou a procura de orientações sobre como fazer para melhorar o nosso trabalho do dizimo em nossa paróquia São José – Vila Operaria – Teresina-Pi que está muito parado. Precisamos de ajuda. Que deus te abençoe.

        • Caro Francimar
          Agradeço suas palavras elogiosas sobre o meu site que trata do Dízimo Católico. Continue procurando se informar porque isto produz melhorias em seu trabalho com o Dízimo, beneficiando a paróquia São José, Vila Operária, em Teresina/PI. Que Deus os abençoe a todos.
          Fraternais saudações.
          Tarciso

Deixe uma resposta

(necessario)

(necessario)